16/09/2010

Você é meu convidado – Orson Peter Carrara




Com fundação em 25 de junho e inauguração em 09 de novembro, isto em 1940, o alcance de 70 anos de história merece considerações de importância. Construído em terreno próprio, adquirido para essa finalidade no final da década de 60 – quando foi iniciada a construção do atual prédio – e mantido juridicamente em regime departamental, a inauguração das atuais instalações em 1974 foi motivo de muita alegria, inclusive atrelada a evento municipal, com autoridades e grande presença popular.
É que sua história está diretamente ligada à vida da cidade. Seus fundadores, diretores e continuadores, voluntários e benfeitores diversos, anônimos ou conhecidos, fizeram-no credor de respeito e gratidão, especialmente por sua atuação transparente, conhecida e sempre presente.
Não foram anos fáceis. Os desafios são imensos e continuam; pode-se mesmo dizer que são permanentes. Com atividade diretamente ligada a vidas humanas, suas dificuldades e angústias, o trabalho exige perseverança, alto senso de responsabilidade e comprometimento. E isso tudo além da permanente atenção com detalhes que escapam ao observador comum que não vive as peripécias próprias de conduzir e administrar recursos humanos e materiais e ainda aplicar a finalidade própria da instituição, definidas em estatutos e regimento interno. E agora que se somam sete décadas de trabalho, eis que outro desafio extra surge imperioso: a reforma das próprias instalações, exigindo campanhas, já iniciadas, e arrecadação de recursos.
Por isso, lançaremos nosso oitavo livro em Noite de Autógrafos no Grêmio Recreativo dos 200, com renda exclusiva para aquela finalidade, cujos direitos autorais são doados, como ocorre com os demais títulos, para atender o novo desafio.
Neste sábado, 18 de setembro, às 20 horas, no conhecido Grêmio dos 200 – rua Municipal, 188 – o lançamento do livro, precedido de palestra sobre o tema que titula a obra, conta com sua presença para prestigiar a iniciativa e somar recursos para atender o Lar Espírita José Gonçalves, notável instituição que ampara idosos, em Mineiros do Tietê, há 70 anos.
Outras doações também podem ser efetuadas através de depósito bancário em conta específica para a finalidade: Banco do Brasil, ag. 6576-5 , poupança 010.005.085-9, ou conta 5.085-7, variação 1.
A propósito da palestra que convido o leitor, o tema é bastante instigante: A morte dói? É a mesma temática do livro que lançamos, com alegria,, em nossa terra natal, objetivando levar conforto aos que se separaram de seus entes queridos pelo fenômeno biológico e natural da morte.