03/02/2011

Realmente, um grande romance!

 por Orson Peter Carrara
        A qualidade estilística impressiona. É difícil encontrar-se um texto tão bem escrito. A médium é professora de português aposentada, e dedicou anos no aprimoramento do texto originariamente psicografado, resultando uma obra primorosa.

        Ditado pelo Espírito Ignatio, o romance Entre o Céu e a Terra relata a saga dos Dimanti, na Itália do século IX ─ tempos finais do Império Carolíngio. Hermengarda, a personagem central, tem sua vida marcada por vicissitudes e percalços desde a concepção: era vulnerável a febres que a predispunham a turbulências de todos os sentidos, desarmonizando seu equilíbrio natural. Médium, ela vivia fenômenos inexplicáveis para a sociedade da época: era comum de suas mãos saírem raios luminosos que curavam; em outras ocasiões, flutuava acima do solo, em levitação. Tais fenômenos desnortearam o clero da época que, para livrar-se da sua incômoda presença, deliberou apartá-la dos homens e do mundo.  Sob o jugo da Igreja Católica de Roma, passou por muitas provações enfrentando tabus e preconceitos.

Sua vida, bem como a obra que a relata, é eivada de ensinamentos que envolvem o amor, a renúncia, a perseverança e, sobretudo, a submissão silenciosa aos desígnios mais altos. 

O romance desdobra-se diante do leitor como se fosse um filme que o prende, desde as primeiras páginas; sua trama envolvente começa com um estupro que se torna o centro por onde gravitam todos os fatos que integram a saga. Um narrador, sempre sensível, com o olhar generoso do distanciamento, tudo observa e tudo perdoa. A linguagem é sempre colorida: com as cores vivas de emoção ou, suavemente, com os tons líricos da poesia.

Além disso, ao mostrar a comovente história da mediunidade de  Hermengarda Dimanti, a obra se oferece como uma boa oportunidade de estudo dos fatos mediúnicos relativos ao perispírito (apontados por Kardec em O Livro dos Espíritos e O Livro dos Médiuns) e ainda, paralelamente, como uma denúncia velada dos abusos (históricos) da Igreja Católica de Roma, antes mesmo de se oficializar a Inquisição.
      
  Sugerimos com ênfase aos leitores. Os depoimentos de quem já leu destacam a qualidade estilística do romance que associa a beleza da forma a um conteúdo surpreendente. Entre o Céu e a Terra, editado pela Mythos pode ser encontrado em nossas distribuidoras. Não deixe de conferir!