31/07/2012

Olimpíadas

por Orson Peter Carrara

            No momento em que ocorrem as Olimpíadas, é oportuno trazer ao conhecimento do leitor o texto abaixo, que transcrevo na íntegra, pauta de divulgação do importante evento cultural, da M. Bignardi Comunicação: 
“Neste momento em que o esporte fala mais alto em decorrência da Olimpíada de Londres, chega às prateleiras o livro intitulado “Os Olímpicos- Deuses e Jogos Gregos”, de autoria da paulista Lauret Godoy. Conhecida como a pena olímpica do País, esta professora universitária de Educação Física com especialização em administração esportiva pela USP, exibe o berço dos Jogos, num texto acessível, cujas ilustrações foram escolhidas pela filatelia, imagens consagradas pelo correio de todo universo. Para Lauret, que já foi campeã sul-americana de Atletismo na  prova de revezamento 4 x 100m rasos,  e integrante das delegações brasileiras dos Jogos Olímpicos de Moscou, em 1980 e Los Angeles, em 1984, seu desejo foi conceder um toque moderno e variado da antiga, bonita, multifacetada e esportiva história que a Grécia legou à humanidade.

Vale ressaltar que Lauret Godoy, que obteve o prêmio literário Troféu Comitê Olímpico Brasileiro em 1982, por seu trabalho ‘Jogos Olímpicos da Grécia. O Mais Belo Capítulo Esportivo da Antiguidade’, é autora, entre outras obras, dos livros “O Jovem Santos Dumont”, “Os Jogos Olímpicos na Grécia Antiga”, “Segurança nos Esportes” e os infanto-juvenis “Santos-Dumont – O Sonho que criou Asas” e “O Santista Voador– Bartolomeu de Gusmão”. Com 215 páginas, “Os Olímpicos - Deuses e Jogos Gregos”.
            Lauret é uma grande amiga. Conhecemo-nos há pouco tempo, mas o suficiente para intensa aproximação, já que ambos com grande gosto pela literatura e com perfil de estímulo na divulgação de bons livros. Não poderia deixar de fazê-lo aqui. Lauret presenteou-me ainda com o privilégio de participar de sua preciosa obra, o que muito me honra. Com bondade citou-me no Palavras da Autora e ainda destacou-me na página de rosto da obra. Não era preciso isso, a obra é dela, mas sua bondade espontânea o fez. Com gratidão e alegria aqui estamos para indicar o valoroso trabalho dessa valorosa autora aos leitores. 

            É o que a amizade é capaz de fazer. O sentimento nobre e puro da amizade fortalece os seres, aproxima-os na afinidade do ideal e cria a fraternidade real, caminho único para uma sociedade justa e saudável que tanto desejamos.